Mudança no superávit trará consequências graves para o país, diz Agripino - Santana Notícia

Últimas Notícias

quinta-feira

Mudança no superávit trará consequências graves para o país, diz Agripino

O líder do Democratas no Senado, José Agripino (RN), acredita que a aprovação do projeto enviado pelo Poder Executivo que altera o superávit primário trará consequências graves para o país. Entre elas, segundo o parlamentar pelo Rio Grande do Norte, está o desinteresse dos investidores nacionais e internacionais de aplicar recursos no país. “Qual a credibilidade de um investidor interno e externo com um governo que brinca com o Congresso e brinca de fazer contas? O que nós, da classe política, vamos dizer aos investidores interessados em investir no país para gerar emprego e ativar a economia?”, questionou Agripino.

Após 17 horas de discussão, a Casa aprovou, na madrugada desta quinta-feira (4), a alteração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a eliminação da meta fiscal de 2014. Para o parlamentar potiguar, a aprovação do projeto representa uma irresponsabilidade com as contas públicas do Brasil. “O que a base aliada votou, certamente, articulistas e comentaristas políticos vão, durante muito tempo, fazer a apreciação sobre as razões do voto e suas consequências”, destacou Agripino. 

Os parlamentares aprovaram o texto-base da proposta, mas, por falta de quorum, o último destaque (proposta de alteração ao texto principal) não foi votado e uma nova sessão foi convocada para a próxima terça-feira (9). “Queiram ou não queiram, a presidente da República já cometeu o crime de responsabilidade fiscal”, finalizou Agripino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

test banner