Prefeitura de Caraúbas apresenta proposta para o pagamento do piso Salarial dos Professores. - Santana Notícia

Últimas Notícias

quarta-feira

Prefeitura de Caraúbas apresenta proposta para o pagamento do piso Salarial dos Professores.

Na manhã da última terça-feira (03), representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caraúbas (SINDSPUMC) reuniram-se junto aos secretários municipais da Prefeitura de Caraúbas, para tratarem sobre o pagamento do piso salarial dos professores da rede municipal de ensino. De acordo com a lei nacional, o piso teve um reajuste de 13,01 %.

Esteve presente no encontro, representando o poder executivo, o secretário de Governo, Gilvandro Fernandes; o secretário de administração, João Marcolino: O contador do município, André Viana; a procurada geral do município, Josy Alves. Já o SINDSPUMC teve como representantes a Professora Nina, Herculana Neta, Wésia Góis, Aldimar e Fátima.

Apresentando sua proposta, a prefeitura de Caraúbas deu a sugestão do aumento gradativo, para os professores graduados e especialistas, com reajuste inicialmente de 5,01% em Fevereiro, mais 4% no mês de abril, e outros 4% a serem adicionados ao montante no mês de Julho. O sindicato levou a proposta para ser discutida em assembleia dos servidores.
Já os professores do magistério, a proposta é de serem pagos a todos o piso salarial referente ao mês de fevereiro, e o valor retroativo ao mês de janeiro, respeitando o reajuste de 13,01%.

Segundo o secretário Gilvandro, o aumento calculado a partir de todos os servidores ao longo do ano, devem chegar a um impacto de mais de 1 milhão de reais na folha de pagamento da prefeitura. Mesmo assim esclarece que é direito destes receber um salário mais digno pela importância de sua profissão no desenvolvimento de uma sociedade. Para dá uma resposta em dados mais especificados, a equipe gestora se comprometeu de no prazo de 60 dias apresentarem relatório sobre o impacto na folha de pagamento.

O piso nacional é regulamentado pela Lei nº 11.738/2008, o reajuste anual reflete a variação do valor mínimo por aluno definido todo ano pelo FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). O piso dos professores passou de R$ 950, em 2009, para R$ 1.024,67, em 2010, e R$ 1.187,14, em 2011, conforme valores informados no site do MEC. Em 2012, o valor vigente era R$ 1.451; em 2013, passou para R$ 1.567; e, em 2014 foi reajustado para R$ 1.697,39. Já o novo piso salarial dos professores, será de R$ 1.917,78.

Junta médica, férias, licenças entre outros assuntos também foram abordados.

Em pauta, a reunião também abordou outros assuntos sobre os servidores, como a junta médica e as licenças especiais. Essa junta médica será composta pelos médicos Dr. Márcio, Dr. Vidal e Dr. João Carlos. O local de atendimento será definido posteriormente. O objetivo é que até o início do ano letivo todo trabalhos já tenha sido feito sobre readequação dos profissionais que estiverem ou não habilitados ao trabalho.

Essa junta será atuante. Agora a frente da secretaria de administração, João Marcolino afirmou que a gerência política é um dos pontos fortes dessa administração. É preciso discutir as novas readaptações e procurar fazer todos os procedimentos, pois é preocupante o grande  número de readaptados em virtude dos servidores com muito tempo de serviço. Será facilitada a aposentadoria de muitos servidores, devido isso.

Em relação às férias coletivas, será regularizado através de portaria seguindo orientação do prefeito, Ademar Ferreira. Um escalonamento entre os servidores de maneira que os serviços não sejam comprometidos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

test banner