Investigado pelo MP, vereador renuncia à presidência da Câmara de Apodi - Santana Notícia

Últimas Notícias

test banner

sexta-feira

Investigado pelo MP, vereador renuncia à presidência da Câmara de Apodi


O vereador afastado da Câmara Municipal de Apodi, João Evangelista de Menezes Filho (PR), renunciou ao cargo de presidente do Poder Legislativo. Com isso, uma nova eleição já foi convocada e acontecerá na próxima quinta-feira (19).
Evangelista foi preso no dia 28 de janeiro desse ano, quando foi deflagrada a operação Apóstolo pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte.
Segundo as investigações, o ex-presidente da Câmara utilizou de recursos da Casa Legislativa para pagamento de despesas particulares de combustíveis. O vereador ainda é acusado de atrapalhar as investigações do MP.
No dia 28 de março, o juiz Renato Vasconcelos Magalhães, atendendo pedido do promotor de Justiça Silvio Brito, determinou que o ex-presidente fosse colocado em liberdade, uma vez que ele demonstrou interesse em colaborar com as investigações.

Ao apresentar o termo de renúncia à mesa diretora, Evangelista destacou que permanecerá no mandato de vereador, “outorgado democraticamente pelo povo de Apodi”.
De acordo com o presidente em exercício da Câmara, Júnior Carlos (PSB), como o termo foi recebido nesta quinta (12), o regimento interno estabelece que a nova eleição para o cargo vago ocorra na sessão seguinte à leitura do termo no plenário. 


Fonte: Mossoró Hoje

Nenhum comentário:

Post Bottom Ad

test banner