Pedreiro de Apodi pega seis anos de prisão por matar agricultor - Santana Notícia

Últimas Notícias

test banner

terça-feira

Pedreiro de Apodi pega seis anos de prisão por matar agricultor

O Tribunal do Júri Popular de Mossoró, composto por seis mulheres e um homem, condenou a seis anos de prisão o pedreiro apodiense Jardel de Sousa Lima, de 31 anos, por ter matado a tiros o agricultor Jorge Kellinson de Sousa Costa (na época com 25 anos), no dia 10 de outubro de 2010, às margens da BR 405, em Apodi.
O julgamento aconteceu no Auditório do Fórum Municipal Silveira Martins, em Mossoró, com a presidência do juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, na manhã desta terça-feira (07).
O promotor Eduardo Medeiros Cavalcante pediu a condenação do réu por homicídio simples, para qual o Código Penal prevê pena mínima de seis anos de prisão.
Já o advogado de defesa José Araújo da Silva trabalhou com a tese de legítima defesa. Apresentou documentos que mostraram que o réu é trabalhador e que havia matado para não morrer. Inclusive, com medo de ser morto pela família da vítima, Jardel Sousa não compareceu ao julgamento. “É um direito que meu cliente tem e o fez para não terminar morto”, destacou o advogado.
Ao final dos debates, o Conselho de Sentença, em Sala Secreta, votou pela condenação do réu nos termos defendidos pelo promotor de Justiça Eduardo Medeiros. Diante dos fatos, o juiz presidente do TJP, Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, aplicou pena de seis anos de prisão.

Fonte: Mossoró Hoje

Nenhum comentário:

Post Bottom Ad

test banner