Felipe Guerra registra mais um crime de Homicídio por disparos de arma de fogo. - Santana Notícia

Últimas Notícias

quarta-feira

Felipe Guerra registra mais um crime de Homicídio por disparos de arma de fogo.


A cidade de Felipe Guerra na região Oeste do Estado do Rio Grande do Norte, registra nesta noite de quarta-feira 13 de Julho de 2016 mais uma morte violenta, o crime aconteceu em uma rua próxima ao Cemitério.

A vítima é um ex-presidiário identificado como Antônio Guilherme Xavier da Silva, 22 anos. Conhecido por toinho, o mesmo deixou a prisão a pouco mais de um mês e segundo informações do Sg Deusineto de comandante do destacamento de Felipe Guerra, o mesmo pode ter sido morto com um disparo de arma de fogo de grosso calibre.

Segundo Informações a vítima dos disparos ainda chegou a ser socorrida para o Hospital local mais já teria chegado sem vida naquela unidade hospitalar, o caso será investigado pela delegacia de Polícia Civil de Apodi no comando do Delegado Renato Oliveira.

FOTOS PESADAS DO LOCAL DE CRIME EM FELIPE GUERRA

HISTÓRICO DA VÍTIMA

Antônio Guilherme, 21 anos de idade morador da Baixinha foi preso no inicio da tarde de terça feira 27 de janeiro de 2015 durante uma abordagem de rotina feita pela guarnição policial da Força Tática BIC. 

Segundo o PM Monteiro, que fez a abordagem, juntamente com Santos Neto e Charlisson, Toinho como é mais conhecido, foi preso nas proximidades do Vuco Vuco no centro de Mossoró e após uma verificação junto a Polinter foi constatado que havia um mandado de prisão preventiva contra ele por homicídio qualificado. 

O mandado de prisão expedido pela Justiça da comarca de Mossoró,refere-se a um crime de homicídio praticado por ele no dia 07 de janeiro de 2014,na Rua Raimundo Clésio no conjunto Pousada dos Thermas em Mossoró,contra a pessoa de Alan Alef da Costa, na época com 20 anos de idade. 

Na ação criminosa, uma outra pessoa identificada como Thiago também foi alvejada mas sobreviveu ao atententado. 



Informações Site Fim da Linha




Homicídio praticado pela vítima na cidade de Mossoró em 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

test banner