158º Homicidio em Mossoró 2018: Ataque a tiros deixa um jovem de 18 anos morto e uma mulher de 21 anos baleada no Dom Jaime Câmara - Santana Notícia

Últimas Notícias

sábado

158º Homicidio em Mossoró 2018: Ataque a tiros deixa um jovem de 18 anos morto e uma mulher de 21 anos baleada no Dom Jaime Câmara

A cidade de Mossoró, localizada na região Oeste do Rio Grande do Norte, registrou na noite desta sexta feira 10 de agosto de 2018, mais um homicídio a bala, o segundo do dia.
O crime aconteceu por volta das 22h20min, na Rua Joana da Cunha Batista, por trás do conhecido Cabaré da Baixinha, no Bairro Dom Jaime Câmara.
A vítima identificada como Jean de Melo Nogueira de 18 anos de idade, foi atingido com vários tiros e ainda chegou a ser socorrido por populares para o Hospital Regional Tarcísio Maia mas não resistiu e morreu ao dar entrada naquela Unidade Hospitalar.
De acordo com informações repassadas pelo Sgt Renixon, comandante de policiamento do 12º BPM, que atendeu a ocorrência, a Jean estava com dois amigos e uma amiga, quando dois homens chegaram em uma moto, possivelmente XRE 300 e começaram a atirar em direção as vítimas.
Jean foi alvejado na cabeça e morreu quando era socorrido e a mulher identificada como Erica Carolina Damasceno, de 21 anos, que estava com seu namorado, foi atingida pelos disparos, nas duas pernas. Ela foi socorrida por populares, para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alto São Manoel onde recebeu atendimento e recusou ser transferida pelo Samu para o Hospital Tarcísio Maia.
Esta é a segunda vez que Erica é baleada em atentado. A outra vez ela estava com o marido, Daniel Carlos da Silva, 38 anos, conhecido como"Kel, saindo de uma festa no Bom Jesus, quando foram perseguidos por uma dupla de moto. O marido dele morreu no local, enquanto que Erica foi baleada e socorrida para o HRTM.
De acordo com a polícia os outros dois homens que estavam no local e que possivelmente eram os alvos dos atiradores, conseguiram fugir e escapar dos tiros.
A Polícia ainda não sabe o que teria motivado, o atentado que acabou deicando um jovem morto e uma mulher ferida. Segundo o Sgt Renixon, uma testemunha reconheceu um dos atiradores e repassou o nome para a polícia militar. A equipe do Sgt Renixon está em diligências para tentar localçizar e prender os acusados do crime.
O corpo de Jean de Melo, vai ser removido do necrotério do Hospital Tarcísio Maia, para o setor de Medicina Legal do ITEP onde será necropsiado e depois liberado para sepultamento. Mossoró chega aos 158 homicídios em 2018. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios (DHM).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

test banner