165° Homicídio em Mossoró 2018: preso de justiça com tornozeleira é encontrado morto no Tranquilim - Santana Notícia

Últimas Notícias

domingo

165° Homicídio em Mossoró 2018: preso de justiça com tornozeleira é encontrado morto no Tranquilim

Mais um crime de homicídio a bala é registrado em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norete. A Ocorrência foi registrada pela polícia militar, no início da noite deste domingo, 19 de agosto de 2018, na antiga favela do Tranquilim na região do Dom Jaime Câmara.
O preso de justiça em liberdade vigiada por meio de tornozeleira eletrônica, identificado como, Sebastião Faustino de Sá, o "Chocolate", 47 anos fde idade, morador do Bairro Malvinas, foi encontrado morto com marca de tiro, dentro do mato, em baixo de uma árvore, local que segundo a polícia é usado para uso de drogas.
Chocolate como era mais conhecido no meio policial, pode ter sido morto durante a tarde, uma vez que a Polícia informou que, minutos após um homicídio ocorrido no Conjunto Jardim das Palmeiras,nas Malvinas, foram ouvido disparos de arma de fogo na antiga Favela do Tranquilim.
Viaturas da Polícia Militar realizaram buscas durante toda a tarde, naquela região, mas não encontraram nada. No início da noite populares localizaram o corpo e acionaram a PM, que foi deslocada para isolar o corpo e preservar o local do crime.
De acordo com o perito criminal Jáder Viana, a vítima foi atingida com apenas um tiro transfixante na região da cabeça, possivelmente de revólver e morreu no local. O corpo foi periciado e depois dos procedimentos, removido para o Instituto de Medicina Legal do ITEP, onde será necropsiado e liberado para sepultamento.
O Dr. Roberto Moura,delegado de Plantão, esteve no local com sua equipe e confirmou que Chocolate respondia na justiça por crimes de tráfico de droga (art. 33), homicidio, (art. 121) e furto (art. 155), mas estava em prisão domiciliar. A Polícia desconhece até o momento a motivação do crime, mas acredita que esteja relacionado a acerto de contas
Com mais um homicídio registrado na cidade, Mossoró passa a contabilizar 165 assassinatos em 2018. O crime será investigado em inquérito policial, conduzido pela Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

test banner