Triplo homicídio na Vargem Alto São Manoel em Mossoró - Santana Notícia

Últimas Notícias

segunda-feira

Triplo homicídio na Vargem Alto São Manoel em Mossoró

Triplo homicídio registrado na manhã desta segunda feira 20 de agosto de 2018 em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. Três pessoa, homossexuais, sendo dois homens e uma mulher, ainda não identificados, foram encontrados mortos com perfurações de tiros, dentro de uma casa localizada na Rua João de Bento na Várzea próximo ao Rio Mossoró na região do Alto São Manoel.
Um homem e um mulher foram mortos dentro do quarto, enquanto que um travesti morreu no banheiro da casa. A perícia criminal recolheu 13 capsulas de pistola, que ficaram espalhadas pelo interior da residência.
A Polícia Militar informou que durante a madrugada de hoje, populares ligam para o 190 do CIOSP informando que ouviram muitos disparos de arma de fogo naquela localizada, mas mesmo depois de muitas buscas os policiais não encontraram nenhuma vítima de tiros.
Na manhã de hoje (20) por volta das 09h50min, uma pessoa voltou a ligar para o Ciosp informando que havia três corpos dentro de uma casa e dessa vez a equipe de policiais do 12º BPM, coordenado pelo Sgt Renixon, comandante de policiamento, foi ao local e encontrou o local do triplo homicídio.  A equipe da PM que foi ao local, acionou o ITEP e a Delegacia de Homicídios.
Os trabalhos de perícia realizados pelo ITEP no local do crime, não conseguiu encontrar vestígios que possam ajudar a Delegacia de Homicídio na elucidação do crime.
Na casa, segundo o perito Otávio Domingos, não havia sinais de arrombamento, que leva a polícia civil a deduzir que as vítimas chegavam em casa quando foram surpreendidas pelos criminosos. Na porta da frente havia um par de sandálias e muito sangue. Até o momento não há qualquer informação sobre, motivação e executores do crime.
Após os trabalhos de perícia, os corpos foram recolhidos e encaminhados para o Instituto de Medicina Legal do ITEP onde serão necropsiados e liberados após a identificação das vítimas, que não tinham documentos. O caso será investigado pela equipe da Delegacia de Mossorós de Mossoró. A cidade chega aos 168 assassinatos em 2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

test banner