Um dos elementos acusado de participar da morte do PM Ildônio é morto em confronto com equipe GTO em Caraúbas. - Santana Notícia

Últimas Notícias

quarta-feira

Um dos elementos acusado de participar da morte do PM Ildônio é morto em confronto com equipe GTO em Caraúbas.


A Polícia do Rio Grande do Norte continua com operações em busca do restante do bando que executaram covardemente o Cabo Ildonio Jose da Silva, de 43 anos, no assalto ao ônibus Universitário da Cidade de Caraúbas, em uma quinta-feira, 16 de agosto. Na tarde desta quarta-feira, 05, uma ação conjunta das polícias Civil e Militar encontraram os suspeitos e houve troca de tiros, um foi baleado e socorrido para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.


O Grupo Tático Operacional (GTO) da região, junto com a Polícia Civil através de um trabalho de inteligência localizaram o bando em um matagal, entre os Bairros Leandro Bezerra e Alto da Liberdade, nas proximidades do Açude Grande e, quando o bando percebeu a chegada das viaturas policial começaram a atirar contra os policiais, que de imediato revidaram a ação e houve uma intensa troca de tiros.

De acordo com o Ten. Júlio Batista, comandante da operação, na troca de tiros, um dos suspeitos identificado como Kauã Bruno Ferreira de Lima, conhecido como “Cocada” foi baleado e socorrido para o Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira da Silva. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Vários grupos do GTO estão realizando diligencias no município em busca dos outros que estavam com Cocada.

Informações: Icém Caraúbas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

test banner