20º Homicídio em Mossoró 2016: Ex-presidiário é executado a tiros no Bairro Paredões - Santana Notícia

Últimas Notícias

quinta-feira

20º Homicídio em Mossoró 2016: Ex-presidiário é executado a tiros no Bairro Paredões



A violência continua crescendo de forma assustadora em Mossoró, a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte e nesta manhã de quinta feira 21 de janeiro de 2016 mais um homicídio foi registrado pela Polícia Militar. 

O crime aconteceu na rua Anatália de Melo Alves no bairro Paredões, onde a vítima identificada como Antônio Cortez Sobrinho o "Farofa" de 32 anos de idade, natural de Rafael Godeiro RN, foi morto com cerca de três disparos de arma de fogo.  Ele morreu na mesma rua onde morava, mas não em sua residência.

Testemunhas informaram à Polícia, que a vítima estava sentada na calçada de uma residência, quando foi surpreendida por um homem que chegou sozinho e sem camisa em uma moto de cor escura e que ao se aproximar efetuou os disparos, fugindo logo em seguida. 

Farofa, como era mais conhecido foi atingido na cabeça e na região do tórax e morreu no local antes da chegada do socorro médico. Uma equipe do Samu ainda foi ao local mas nada pode fazer uma vez que a vítima já estava em óbito. 

De acordo com PM Antônio Cortez tinha sofrido um atentado à bala no ano passado na estrada de Serra do Mel onde foi alvejado com tiros de escopeta 12 e depois de vários meses internado no HRTM conseguiu sobreviver. 

Na manhã de hoje ele não teve a mesma sorte E após ser baleado não resistiu aos ferimentos e morreu. A polícia informou que Antônio Cortez Sobrinho era suspeito de envolvimento com O tráfico de drogas e já tinha cumprido pena na Penitenciária Mário Negócio por crime de tráfico 

Após o isolamento realizado pela Polícia Militar, o corpo de Antônio Cortez Sobrinho, foi removido para a sede do ITEP, onde será submetido à exames de necropsia e depois liberado para sepultamento. 

Com mais esse homicídio de hoje, a cidade de Mossoró, contabiliza 20 assassinatos neste início do ano de 2016. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.



Fonte: Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário