Representante do Ministério do Desenvolvimento Social visita Caraúbas e avalia como positivo Programa "Criança Feliz" - Santana Notícia

Últimas Notícias

quarta-feira

Representante do Ministério do Desenvolvimento Social visita Caraúbas e avalia como positivo Programa "Criança Feliz"

Esteve em Caraúbas para realização de avaliação do Programa Criança Feliz que é executado no município, o consultor Arthur Araújo que é representante do Ministério do Desenvolvimento Social – MDS. A reunião aconteceu nas dependências do  Centro de Referência de Assistência Social - Cras "Manoel Maria" no bairro Leandro Bezerra por volta das 14h. 

 O motivo da visita foi colher dados e informações de como o programa acontece no município, onde na oportunidade estão fazendo um levantamento de dados de quais  dificuldades estão enfrentando para realização e quais pontos positivos estão tendo, e acima de tudo observar as boas práticas que estão executando como as experiências exitosas.

 Segundo Arthur Araújo, o programa não vai parar e que o orçamento para o ano de 2019 já está garantido. Durante a visita conversou com o vice-prefeito e secretário de Assistência Social, Paulo de Paiva Brasil, e as visitadoras locais para anotações de sua planilha de dados.

Para o vice-prefeito e secretário de Assistência Social, Paulo de Paiva Brasil, os resultados foram bons para Caraúbas, e isso mostra o quanto está dando certo estas visitações nos lares das famílias carentes que precisam deste assistencialismo. “Uma boa notícia para Caraúbas é que os números relacionados ao município são positivos e que próximo ano o Programa continuará sendo executado com as famílias assistidas pelo programa”. 

“Caraúbas tem tido grandes oportunidades de desenvolvimento, desde que Paulo e eu assumimos o Governo municipal, a área da Assistência Social, nunca foi tão bem tratada da forma como está, são diversos programas assistenciais que envolvem as famílias realizando vínculos e dando uma oportunidade para que sintam-se inseridos na sociedade com igualdade de direitos, enfatizou Juninho Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

test banner