211° Homicídio em Mossoró 2018: Preso de justiça acusado de matar a mulher em 2016 é morto a tiros nas Malvinas - Santana Notícia

Últimas Notícias

quinta-feira

211° Homicídio em Mossoró 2018: Preso de justiça acusado de matar a mulher em 2016 é morto a tiros nas Malvinas

Mais um homicídio provocado por disparos de arma de fogo é registrado em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte. O crime aconteceu no final da manhã desta quinta-feira 25 de outubro de 2018 em um matagal na região das Malvinas.

A vítima, o preso de Justiça usando tornozeleira eletrônica identificado como Erinaldo Nogueira de Lucena conhecido como Naldinho, o mesmo foi morto com vários tiros, por trás de um Galpão na Rua do Mosteiro Santa Clara.

A Polícia informou que a vítima estava em via pública quando os atiradores se aproximaram e ele ao perceber que seria baleado, tentou correr, mas foi perseguido, alcançado e executado.

Erinaldo tinha saído da prisão em abril deste ano, depois que ganhou na justiça o direito de responder o o processo em liberdade vigiada por meio de tornozeleira eletrônica. Naldinho, como era mais conhecido, estava preso acusado de ter matado sua companheira Francisca Edna da Silva na época com 28 anos de idade, crime ocorrido no dia 22 de abril de 2016 por volta de 01h30min da madrugada no Bairro Sumaré em Mossoró. Francisca Edna foi morta com um tiro na cabeça e caiu em cima da cama. Os filhos menores do casal presenciaram a morte da mãe.

A polícia militar isola o local do crime aguardando a chegada das equipes do ITEP e da Delegacia de Homicídios para os procedimentos no local. O corpo será periciado e depois removido para ser necropsiado no Instituto Médico Legal do ITEP. Após os exames será liberado para a família providenciar o enterro.

A Polícia não informou se a morte do preso de justiça está relacionada com o assassinato de sua companheira. O delegado da DHM, Dr. Rafael esteve no local em busca de informações sobre o crime e não descarta a possibilidade de que o caso tenha sido por vingança, mas disse que só com as investigações é que se poderá chegar a motivação e autoria do crime. Mossoró chega aos 211 homicídios neste ano de 2018. Este foi o 3° Homicídio registrado em menos de 24 horas em Mossoró.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

test banner