Blogueiro João Marcolino sofre nova tentativa de homicídio em Caraúbas - Santana Notícia

Últimas Notícias

terça-feira

Blogueiro João Marcolino sofre nova tentativa de homicídio em Caraúbas

SIGA NOSSO INSTAGRAM: @santananoticia
O blogueiro João Marcolino foi vítima de tentativa de homicídio na cidade de Caraúbas, região Oeste do Rio Grande do Norte. O fato aconteceu na manhã desta terça-feira (19), na zona urbana daquele município, quando, segundo o próprio blogueiro relata em vídeo, um elemento em um veículo do tipo Gol de cor branca e placas de Janduís-RN disparou e acertou pelo menos um disparo de arma de fogo no veículo do bloqueio que, felizmente, saiu ileso. Para frustração do elemento e de possíveis mandantes, o veículo é blindado e o projétil não conseguiu perfurá-lo.

Esta não é a primeira vez que o João Marcolino sofre tentativa de homicídio naquele município. Outras duas investidas contra a vida do mesmo foram registradas no passado recente de Caraúbas-RN e até hoje os responsáveis não foram identificados e punidos.

João Marcolino é um blogueiro polêmico e de atuação intensa no meio político do Rio Grande do Norte, sendo o seu blog homônimo um dos mais acessados no estado, atualmente.

Opositor ferrenho ao prefeito de Caraúbas, Juninho Alves (PSD), o ‘JM’, como também é conhecido, não se atem a denunciar desmandos administrativos ocorridos apenas naquele município. Destemido, o blogueiro realiza um trabalho de grande relevância quando o assunto é política e administração pública no Oeste Potiguar.

Nota
O portal RN360º repudia com veemência mais essa tentativa de calar a voz contundente do profissional de comunicação João Marcolino e exige das autoridades competentes rigorosa apuração deste fato.

A liberdade de imprensa é indispensável nas sociedades democráticas, haja vista que incentiva a difusão de múltiplos pontos de vista, o debate, e aumenta consideravelmente o acesso à informação, promovendo assim a troca de ideias de forma a reduzir e prevenir tensões, conflitos, desmandos administrativos na administração pública e o autoritarismo.
Fonte: Rede News

Nenhum comentário:

Postar um comentário