Queda no número de eleitores não influenciará decisivamente as Eleições 2020 em Felipe Guerra - Santana Notícia

Últimas Notícias

terça-feira

Queda no número de eleitores não influenciará decisivamente as Eleições 2020 em Felipe Guerra

A queda no número do eleitorado do Município de Felipe Guerra/RN, não influenciará decisivamente o resultado das Eleições 2020. Através dos dados fornecidos pelo sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), é possível constatar a relação entre o número de ausentes nas Eleições 2016 e o desfalque após a revisão eleitoral.


Nas eleições 2016, embora o número de eleitores aptos a votar fosse 6.995, apenas 6.544 foram às urnas votar, o que representa 93,55% de participação e 6,45% de abstenção. Ou seja, 451 eleitores. Após a revisão eleitoral, o número de votantes caiu de 6.995 para 6.470 eleitores, o que representa uma diminuição de 525 votos. 


Essa diminuição pós-revisão eleitoral certamente não trará impacto decisivo no resultado das Eleições 2020, uma vez que o número de ausentes nas eleições 2016, 451 eleitores, tem relação direta na diminuição de 525 eleitores após a revisão eleitoral na comparação do eleitorado das eleições 2016 com o de 2020.


A revisão eleitoral foi realizada em razão de questões demográficas (morte de eleitores, mudança de domicílio, pessoas presas). Uma das formas de revisão no Município de Felipe Guerra foi a identificação biométrica. 


Foi possível notar que as mulheres continua sendo a maioria do eleitorado em Felipe Guerra (RN) nas eleições municipais de 2020. São 3.332 eleitoras que devem ir às urnas, o que corresponde a 51,5% do total.


Na cidade, 42 candidatos disputam 9 cadeiras na Câmara Municipal e duas chapas majoritárias disputam a Prefeitura. O voto é facultativo para jovens de 16 e 17 anos, para analfabetos e idosos com mais de 70 anos.


Observações: 


1. Não comparamos com os números das Eleições 2018, uma vez que nestas eleições não houve grande interesse e participação da população, tendo 849 abstenções e apenas 5.459 de comparecimento. 

2. Não foi possível identificar com precisão, o número de pessoas que tiraram o título pela primeira vez ou que pediram transferência. No entanto, é possível notar que nestas eleições houve um aumento de 162 eleitores se comparado as Eleições 2018.

3. Os trabalhos da Justiça Eleitoral são contínua durante os anos, por esse motivo os números de eleitores sofrem variações para mais ou para menos a cada mês.

Por Thiago Gama

Nenhum comentário:

Postar um comentário