173º Homicídio em Mossoró 2020: Jovem de 25 anos é morto a tiros na BR 304 na Comunidade rural da Maísa - Santana Notícia

Últimas Notícias

sábado

173º Homicídio em Mossoró 2020: Jovem de 25 anos é morto a tiros na BR 304 na Comunidade rural da Maísa

Um jovem de 25 anos de idade, identificado como Adailton Rebouças Silva, natural de Mossoró, foi assassinado com quatro tiros, na madrugada deste sábado 21 de novembro de 2020, na BR 304 na região da Maísa, zona rural de Mossoró no Oeste Potiguar.


Policiais militares do destacamento da Maisa foram acionados por volta das 03h30min, para a ocorrência de disparos de arma de fogo na rodovia e quando chegaram no local a cerca de 1 Km da Vila, encontraram a vítima caída em cima de uma moto com placa de Fortaleza/CE, no acostamento da via.


Segundo informações da perita criminal Emanuela Pinheiro, o jovem foi atingido com quatro tiros, sendo dois na região da cabeça e dois no tórax, caracterizando uma execução. Ainda de acordo com a perita, a vítima estava com a moto parada e foi executada alí mesmo no local, sem que houve perseguição ou tentativa de fuga.


A Polícia Civil acredita que o jovem tenha sido levado, de alguma forma, para o local onde foi executado, o que na gíria policial se diz levado para o cheiro do queijo. A motivação e a autoria do crime ainda são desconhecidos da Polícia Civil, que vai investigar o caso.


Ainda não se sabe se a vítima tinha envolvimento com ilícitos ou não. No site do Tribunal de Justiça do RN, existe um processo por ameaça, baseado na Lei Maria da Penha, contra Adailton Rebouças Silva, inclusive com medida protetiva de urgência em favor da mulher vítima da violência doméstica. O inquérito foi instaurado pela Delegacia de Plantão, em fevereiro desse ano.


O corpo de Adailton Rebouças, foi recolhido após a conclusão da perícia no local e encaminhado para o IML do ITEP onde será examinado e depois liberado para os familiares. Mossoró já contabiliza 173 assassinatos em 2020 e na Maisa já é 17º homicídio no ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário